Casamentos Porto Alegre

Miniwedding na Zona Sul de Porto Alegre tem surpresas e carinho

Foi na hora em que ela colocou a tiara que a ficha começou a cair.


Até então, a Carol estava muito tranquila. Era o dia do seu casamento, tudo estava organizado para o miniwedding na igreja seguido de uma recepção na Harcus Casa de Festas. Na Allier Estética, ela tinha mãe, filha, irmã e cunhada como companhias. A pequena Helô circulava livremente entre os dois ambientes do salão, brincando e se escondendo das fotos. Eu já mantinha uma relação de cumplicidade com a Carol e com o Giovani, sabia como ela pensava e o que esperava naquele dia. Desde os primeiros contatos, do pedido de orçamento, até o ensaio em Porto Alegre, nos conhecemos e aproximamos bastante. A energia bateu desde o princípio.


Enquanto isso, o Giovani, ou o Jo, se arrumava na casa de seus pais, na Zona Sul de Porto Alegre, junto com a família. Com a ajuda de sua mãe, vestiu o traje e se preparou para o grande dia.  O Fabio fez fotos dele com os pais e a irmã. Fez, também, um belo retrato do Jo, olhando pela janela da casa. Essa imagem me traduz muito do que vejo em seu lado sério, voltado para o futuro, tanto na construção de uma família quanto na empresa. Durante a festa, transparece mais o outro lado, divertido, completamente apaixonado e muito feliz por estar ao lado de quem ama. 


Voltando ao salão, o cabelo foi o primeiro passo. A tiara, que veio na sequência, fez  a Carol entender o que estava acontecendo. A maquiagem realçou a beleza e, quando colocou o vestido, a transformação para o modo noiva se completou.  


Nesses poucos minutos entre a noiva ficar pronta e a hora de entrar na igreja/salão/local da cerimônia, o tempo quer correr e é meu trabalho desacelerar. Fazer com que ela respire, que se veja linda. Que me dê alguns segundos, apesar do nervosismo, para que eu possa fazer uma imagem para sempre - quem sabe até de um ponto de vista diferente, como foi o caso aqui, com algumas fotos feitas do segundo andar da Allier. Antes, eu não era tão exigente com esse momento. Hoje, faço sempre: fotografar a noiva pronta, com toda a sua aura, traz algumas das imagens mais belas que já fiz.


Na cerimônia, na Paróquia Nossa Senhora da Assunção, uma bela e aconchegante igreja na Zona Sul de Porto Alegre, a  Helo entrou com as alianças logo após a entrada dos padrinhos. Ela as entregou para o Jo e, depois, ficou abraçada nele. Quando viu as portas abrirem para a entrada da Carol, ela surpreendeu a todos ao correr até a mãe e se agarrar no seu vestido. Com risadas, suspiros e muita compreensão, percorreram o tapete vermelho até a frente do altar. 


O padre, de joelhos junto com os noivos (algo que não me lembro de ver em tantos anos de profissão), afirmou "não sou eu que estou casando vocês. Vocês é que estão casando, um com o outro". E assim é: a escolha parte de dois corações, não importa quantos anos depois do primeiro olhar. A igreja e/ou a lei são instrumentos para oficializar uma união de quem já sente que encontrou a pessoa certa. Há quase 15 anos o Giovani se interessou pela Carol. O mundo deu voltas e, agora, os dois casaram, um com o outro, para que se possam fazer felizes. E vão. Porque nos pequenos carinhos de uma linda noite, cercado somente das pessoas mais próximas, vi muito amor e entrega. 


Para encerrar essa bela história, ainda fui presenteado com um depoimento DAQUELES, que me faz acreditar cada vez mais em também escolher meus clientes, procurar pessoas que tenham a mesma vibe e entregar tudo o que tenho para elas.


Com vocês, a noiva:


"Não temos palavras para descrever o trabalho do Diogo. Atencioso desde o dia em que pedi o orçamento até o final da festa, aliás, até hoje! Sempre tirando nossas dúvidas, nos deixando tranquilos com sua calma e leveza. Durante o ensaio tivemos certeza que escolhemos o melhor fotógrafo para estar conosco no grande dia. No dia do casamento, muita paciência, carinho, e, ao receber as fotos, percebemos seu carinho em cada detalhe. Hoje temos o registro do nosso casamento com todos os detalhes e, principalmente, cheio de amor. Indico o Diogo de olhos fechados, sem sombra de dúvida. Desejo que todas as noivas tenham ele como fotógrafo! Muito obrigada, Diogo!"